Quando a cirurgia de varizes a laser é mais indicada?

Posted on

A retirada da veia safena começa com um corte na pele da virilha.

Juliana Puggina Cirurgia Vascular e Endovascular CRM-SP 134.963 As varizes, apesar de serem mais comuns nas pernas, também podem acometer as veias da região pélvica. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz. Campo Grande Tratamento de varizes Sem Corte, Sem Laser e Sem espuma… é possível… Existem dois tipos principais de veias: as profundas e as superficiais. Diversos testes mostraram que o dispositivo é seguro e eficaz para a oclusão da veia safena, no tratamento de varizes sintomáticos das pernas, segundo comunicado àimprensa distribuído pela FDA. Vou detalhar a técnica de retirada da veia safena interna, por ser mais comum. O curativo da cirurgia de varizes é feito com pequenos pedaços de fita adesiva que fecham os orifícios de retirada das veias colaterais. A safena é uma grande veia que vai da virilha, passa pelo joelho, onde se divide em duas, a safena magna e a safena parva, que continuam até os pés. A cirurgia de varizes tem como foco a retirada de veias dilatadas e consequentemente as varizes vão embora para sempre, elas não retornam. Logo depois, por meio de uma agulha, é inserida dentro da veia uma fibra ótica, com o laser, que é aplicado, secando e tratando as varizes.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Cirurgia para retirada da safena

A cirurgia de varizes está indicada para retirada de varizes de médio e grande calibre.

O tratamento de Cirurgia a Laser é mais indicado quando as veias doentes sao as tronculares e as veias safenas. Quando a cirurgia de varizes a laser é mais indicada? O tratamento de Cirurgia a Laser e da radiofrequência são mais indicados em casos das veias doentes tronculares, e veias de maior calibre como a veia safena. Por meio da cirurgia de varizes a laser não é necessário remover a veia. O aparecimento de uma variz, pode originar novas varizes, porque a pressão dentro da veia vai-se transmitindo às outras veias adjacentes. Além disso, existem diferentes tipos de cirurgia para retirar varizes, sendo que nenhuma garante um resultado 100%. Através de um pequeno furo na virilha feito com agulha, um cateter é inserido até a veia dilatada, onde são colocados materiais que entopem as veias comprometidas. Existem vários tipos de procedimentos de bypass, para vários locais diferentes e utilizado diferentes tipos de materiais (enxertos). Durante a sua cirurgia, o cirurgião fará uma incisão no local doador, por exemplo a virilha, para expor o segmento normal de sua artéria, acima da área de bloqueio.

Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser.

  • Cirurgia clássica – com laqueação e excisão (stripping) das veias safenas;
  • Tratamento minimamente invasivo – por ablação endovenosa, utilizando energia de radiofrequência ou de laser.

Gilbardeira é muito útil para aliviar as dores e o desconforto das veias varicosas, caso a cirurgia a laser para varizes não seja uma opção.

Já nos casos de doença varicosa mais avançada serão necessários pequenos cortes para se remover uma maior extensão das veias doentes, como a retirada da veia safena. Cirurgia Convencional Retirada das veias varicosas através de micro-incisões e agulhas de crochê, na maioria dos casos sem necessidade de pontos. Cirurgia com Laser Endovenoso É indicada para as varizes de maior calibre. É mais utilizado para procedimentos na veia safena. Se houver a necessidade de retirar muitas varizes, então a cirurgia requer anestesia geral e se transforma em uma safenectomia (retirada da veia safena). Quando a veia safena não está doente, a operação é considerada mais simples. No caso da retirada da safena, o corte é realizado na pele da virilha. Na maioria das cirurgias onde não é necessária intervenção na safena, em muitos casos é possível fazer a cirurgia com anestesia local e uma leve sedação. Veia Safena: A veia safena interna é a mais longa veia do corpo humano porque vai da parte interna do tornozelo até a virilha.

  • Preço: é de aproximadamente 300 reais por sessão de tratamento, sendo que podem ser necessárias várias sessões para eliminar todas as varizes das pernas.

Há uma outra veia safena, que é menor e é chamada de safena externa, que fica localizada na parte de trás da perna sob a panturrilha.

Hoje, até em cirurgias envolvendo a retirada da safena ou tratamento com laser ou radiofrequência utilizo esta anestesia. A veia safena interna é uma veia longa que percorre toda a face interna da perna e faz parte do sitema venoso superficial da perna. Dessa forma, a safena não terá utilidade para uma cirurgia do coração, por exemplo, e deverá ser retirada para completa correção das varizes. Uma safena comprometida, quando não retirada, causa retorno de varizes em curto period após a cirurgia. Indicado para cirurgias de veias grandes, como a safena, requer internação hospitalar. No caso de cirurgias envolvendo a veia safena será necessário tempo de afastamento maior podendo chegar até 30 dias variando com o porte da cirurgia e as técnicas adotadas. Nos casos de cirurgia a laser para retirada de safena, o tempo de recuperação pode ser menor que na cirurgia tradicional. • O edema pode permanecer até o terceiro mês após a cirurgia, especialmente onde foi realizado safenectomia (retirada da veia safena). A princípio, haverá uma priorização para os casos mais graves, que geralmente envolvem o comprometimento da safena (veia que vai do tornozelo à virilha).

Assim, o seu tratamento está indicado e deve ser o mais precoce possível para garantir um melhor e mais definitivo resultado.

Neste artigo, vou explicar um pouco sobre essa tecnologia, as diferenças entre os tipos de laser existentes e esclarecer em que casos ele pode ser utilizado. Especialmente nos casos em que a veia safena precisa ser tratada, o laser se mostra superior à cirurgia tradicional de safenectomia (saiba mais sobre esta cirurgia no post “ “). O laser é utilizado em diversos tipos de atividades, desde mira de armamentos até para tocar a música contida em um CD. Nos casos em que existem varizes maiores e insuficiência da veia safena, o laser também pode ser empregado. Porém, neste caso, o laser é utilizado durante a cirurgia, num procedimento que chamamos de termoablação da veia safena com laser. É feita através de uma punção com uma agulha grossa da veia safena. Por dentro desta agulha é passada uma fibra ótica até próximo da junção da veia safena com a veia femoral, na altura da virilha, tudo guiado pelo aparelho de ultrassom. Geralmente, o laser é mais indicado em pessoas que tenham medo de agulha, alergia aos medicamentos esclerosantes ou que possuam veias muito pequenas, impossíveis de serem canuladas pela agulha. Nesse ponto os cirurgiões vasculares entram em consenso: SIM, o tratamento das veias safenas com laser é melhor do que a retirada convencional da veia (safenectomia).

O que diferencia o tratamento de varizes por Laser Endovenoso do tratamento convencional de retirada da Safena (Safenectomia)?

Pode ser utilizado em cirurgias específicas como, por exemplo, na cirurgia cardíaca ou em intercorrências durante o procedimento cirúrgico. Quando realizamos qualquer tratamento para varizes, seja cirurgia, laser, radiofrequência, espuma etc, estamos retirando aquela veia que não está funcionando bem naquele momento. Enquanto na cirurgia tradicional o médico retira as varizes, no laser e na radiofrequência as varizes são eliminadas com o calor, que “queima” a parede e obstrui a veia. Os médicos dizem quais são os procedimentos mais comuns para tratamento de varizes: Cirurgia - as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. Era um estudo sobre cirurgia em paciente que já haviam retirado a safena e apresentaram novas varizes na região da virilha (os vasculares chamam isso de ). A veia colabada não compromete o sistema circulatório, pois o sangue segue seu trajeto normal por outras veias íntegras. Há vários tipos de cirurgia, mas nenhuma delas dá um resultado definitivo. É uma veia longa que se extende do tornozelo à virilha (safena magna), podendo estar indicada apenas a ressecção parcial dela. Uma pergunta que recebo freqüentemente pelos nossos meios de interação ( , , e ) é a respeito da retirada ou não da veia safena na cirurgia de varizes. Nesse artigo irei falar um pouco sobre as indicações de safenectomia (retirada da veia safena), alternativas de tratamento e por que ela pode ser retirada. A maioria dos cirurgiões não retiram a veia safena quando esta apresenta diâmetro normal e pouco ou nenhum refluxo. Seus resultados são bastante semelhantes em termos de reaparecimento das varizes e melhora dos sintomas quando comparados à retirada da safena por cirurgia tradicional. A retirada da veia safena deve ser realizada apenas nos casos em que a veia apresenta-se dilatada e com refluxo. Se ainda tiver dúvida quanto à retirada da veia safena, converse com o seu Cirurgião Vascular. O tratamento cirúrgico das varizes pélvicas consiste em ligadura da veia ovariana ou da veia ilíaca interna por videolaparoscopia.